Twitter do Xambá Facebook do Xambá Picasa do Xambá

Memorial Severina Paraíso da Silva

Trono da Mãe Biu - Memorial Xambá
Trono da Mãe Biu no Memorial Xambá.

Em maio de 1993, poucos meses depois do falecimento de Mãe Biu, a 27 de janeiro, Adeildo Paraíso da Silva (Ivo), seu filho e sucessor na condução do Terreiro Xambá do Portão do Gelo, convocou seus filhos de santo Antônio Albino, Hildo Leal e João Monteiro, para que elaborassem projeto para o Memorial Severina Paraíso da Silva. Nove anos depois, superados os obstáculos da pesquisa, da identificação do acervo fotográfico e, sobretudo, os financeiros, o projeto torna-se realidade.

Documentos

O conjunto documental mais importante é o acervo fotográfico com mais de 800 fotografias, quase todas da coleção particular de Mãe Biu. São registros de festividades religiosas (toques dos Orixás e saídas de Yaôs), comemorações e flagrantes da vida familiar e fotos oferecidas por afilhados e filhos de santo, datadas dos anos 30 aos 90. Documentos pessoais de Mãe Biu e do Terreiro (atas, registros de filiados, de yaôs, de obrigações religiosas, de nomes de Orixás), além de artigos de jornais, revistas e impressos diversos, complementam o acervo.

Biblioteca

O acervo bibliográfico é composto de publicações referentes ao universo cultural afro-brasileiro, especialmente sobre religião, história e artes, bem como obras que contextualizem a cultura e a história do Brasil, em geral, e de Pernambuco, em particular. Além de obras de consulta e de referência. A Biblioteca será um espaço de leitura e pesquisa para membros da comunidade religiosa e estudiosos em geral.

Museu

O circuito do Museu, composto por fotografias, textos, objetos, documentos e indumentárias, resgata, preserva e divulga a história do Terreiro Santa Bárbara, nos mais 70 anos; através das atividades religiosas, expressadas pelo culto aos orixás e pelas festividades que lhes são dedicadas, pelos personagens e acontecimentos marcantes.

No centro dessa trajetória, a figura inesquecível de Severina Paraíso da Silva – Mãe Biu, segunda Yalorixá da Casa, e sua líder por mais de quarenta anos, grande responsável pela preservação dos ritos e tradições da Nação Xambá, transmitidos por Arthur Rosendo e Maria Oyá. Mapas, textos, louças, objetos pessoais, instrumentos musicais, e peças utilizadas no Terreiro e fotografias, retratando fatos notáveis e personagens marcantes da história da Nação Xambá, compõem a exposição permanente.

Logo do Xambá
Rua Severina Paraíso da Silva, 65 - Portão de Gelo
São Benedito - Olinda (PE) - CEP: 53.270-360
Fones:
Ivo - 81 3499.2021
Cacau - 81 3443.1115